quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Só o Senhor é a luz

Reflexão para o 3º Domingo do Tempo Comum, ano A.

Mt 4,20: “Na mesma hora abandonaram suas redes e o seguiram..” (Veja também: 1ª leitura: Is 8,23b-9,3; Salmo 27; leitura: 1Cor 1,10-13.17; Evangelho: Mt 4,12-23).

Só o Senhor é a luz
"E para os que viviam na região escura da morte brilhou uma luz” (Mt 4,13), de tal intensidade que faz com que um homem deixe em segundo plano seu trabalho, seus bens e sua família. Assim aconteceu com os primeiros discípulos, segundo o Evangelho, chamados enquanto trabalhavam.
O desejo mais profundo do homem, "habitar no santuário do Senhor por toda a vida" (Sl 26), torna-se realidade em Jesus Cristo. Ele chama a Si todos os homens, para que também eles propaguem a Sua luz. Cada um é chamado a testemunhar que a verdadeira vida é Deus, que não passa ou perece como os bens deste mundo. O Reino que Ele anuncia é dos céus, de Deus, não construção de homens; é o próprio Cristo, ao qual nos unimos já pelo batismo e definitivamente na vida futura.
O testemunho cristão exige que a verdadeira Luz seja propagada e nunca ofuscada por qualquer pretensa luz própria. O grande Apóstolo Paulo tinha consciência de que a força de sua missão era a Cruz de Cristo que pregava (cf. 1Cor 1,17), e que sempre é preferível diminuir-se para que Cristo apareça (cf. Jo 3,30).
Márcio Carvalho da Silva

Blog Widget by LinkWithin
Postar um comentário