sábado, 17 de setembro de 2011

"Preciosidades" de Lutero

Carta aos Príncipes da Saxônia sobre o Espírito Revoltoso

A carta é um alerta de Lutero aos príncipes contra as consequências de uma possível revolta iniciada em Allstedt. Considera-se servidor da palavra de Deus e seus opositores, do diabo. Este está em constante luta contra a palavra de Deus desde os primórdios: primeiro através dos judeus e gentios, depois pelos hereges e seitas e, por último, pelo papa, o “derradeiro e mais poderoso anticristo”.
O diabo fez seu ninho em Allstedt; lá que dizem (arrogantemente, segundo Lutero) ouvir o próprio Deus. Lutero, por sua vez, tem o espírito certo [modesto, não?], embora pobre pecador.
Lutero alerta e pede ao príncipe que se antecipe à rebelião e faça uso da “espada confiada”, se necessário. Concede que os deixe pregar livremente para que a palavra de Deus continue em luta.



Posicionamento do Dr. Martinho Lutero sobre o Livrinho Contra os Camponeses Assaltantes e Assassinos

Lutero havia aprovado e mandado a matança dos camponeses, por isso foi alvo de muitos comentários negativos. Em sua defesa, argumenta que o rebelde quer atacar e suprimir a autoridade e é dever dos súditos proteger seu cabeça para preservar a autoridade. Após admoestação e orientação, o rebelde insistente deve ser deixado na inclemência.

Blog Widget by LinkWithin
Postar um comentário